Arquivo do Autor

Famílias comemoram conquista de moradias com acesso a água tratada

Postado por luana.basso@aguasguariroba.com.br em 24/jun/2024 - Sem Comentários

Diretor-presidente da Águas Guariroba participou da entrega na última sexta-feira.

Mais 22 famílias foram contempladas com unidades habitacionais da Prefeitura de Campo Grande e já estão com água tratada e de qualidade na torneira de casa. O diretor-presidente da Águas Guariroba, Themis de Oliveira, participou da entrega oficial das moradias na última sexta-feira (21), na região do Lagoa Dourada.

“Essa é mais uma entrega em parceria com a Prefeitura Municipal. A Águas Guariroba está sempre presente. Foram dois dias realizando a instalação da rede de água aqui dentro da área para as casas que já estão com ligação e com hidrômetro cada uma. Trouxemos também nossa equipe para cadastrar todos os novos moradores”, disse o diretor-presidente.

Os moradores no Lagoa Dourada serão incluídos na Tarifa Social, que garante desconto de 50% nas contas de água e esgoto.

A dona de casa Maria Joelma foi uma das contempladas e comemorou a moradia já com a ligação de água. “Muito feliz com essa conquista e chegar na casa nova já com água ligada é muito bom. Já conseguimos fazer tudo, tomar banho, cozinhar”. Maria vai morar com o marido e o filho de nove meses.

As famílias foram sorteadas para o loteamento Lagoa Dourado em 2022, durante o 7º Feirão Habita Campo Grande, que aconteceu no Armazém Cultural da Esplanada Ferroviária. Já a cerimônia de assinatura dos contratos ocorreu em maio deste ano. A previsão final para a entrega das unidades era dezembro de 2024, mas foram concluídas antes do prazo.

Águas Guariroba inaugura novo ponto de coleta de óleo usado na Vila Nasser

Postado por luana.basso@aguasguariroba.com.br em 19/jun/2024 - Sem Comentários

A Águas Guariroba agora tem um ponto fixo de coleta de óleo usado do Programa ‘De Olho no Óleo’ na Escola Municipal Professor Licurgo de Oliveira Bastos, na Vila Nasser.

Desde 2011, por meio do programa “De olho no óleo”, a Águas Guariroba se preocupa em dar um destino correto a esse agente causador de prejuízos inestimáveis. Em 13 anos, com apoio e parcerias com outras empresas, a concessionária arrecadou 47.820 litros de óleo. O recorde foi no ano passado, quando foram arrecadados 6.478 litros de óleo.

“Esse projeto para nós é bastante rico, porque é um trabalho de conscientização e reflexão do que nós podemos estar reciclando e como esses materiais que são usados podem ser reaproveitados. Eu convido a todos da comunidade que possam colaborar participando, pois é um trabalho de todos e é para o bem comum”, considera Maria de Fátima, coordenadora da escola.

Atualmente, a concessionária tem parcerias com a Rede Comper, Fort Atacadista, Solurb e a Katu Oil. Cada loja do Comper conta com placas incentivando os clientes a depositarem o óleo em garrafas para depois o descartarem nos pontos de coleta instalados no estacionamento dos supermercados.

Os pontos de arrecadação têm o formato de uma garrafa, com capacidade para 200 litros de óleo cada. O óleo descartado ali é recolhido pela empresa Katu Oil e encaminhado para indústrias que fabricam rações animais em Campo Grande. O mesmo ocorre com o óleo recolhido em unidades do Fort Atacadista.

Já o óleo coletado na Escola Municipal Professor Licurgo de Oliveira Bastos será destinado ao projeto Bolha de Sabão, que incentiva o reuso sustentável do óleo de cozinha com a transformação em sabão em pó, líquido, sabonetes e produtos de limpeza em geral, por meio da capacitação de mulheres e homens, que vivem em comunidades de Campo Grande.

Águas Guariroba entrega mais de 6 toneladas de agasalhos arrecadados em campanha

Postado por luana.basso@aguasguariroba.com.br em 17/jun/2024 - Sem Comentários

Ação é realizada pela concessionária desde 2006 e já arrecadou mais 85 toneladas de agasalhos.

As doações foram entregues em mais de 20 instituições beneficentes e comunidades em situação de vulnerabilidade. A primeira entrega foi na Associação de Moradores do bairro Ramez Tebet.

Voluntários da Águas Guariroba realizaram neste sábado (15) um mutirão para entrega das doações arrecadadas na campanha do agasalho realizada anualmente pela concessionária. Ao todo, foram arrecadadas mais de 6 toneladas de roupas, calçados e cobertores, que irão deixar o inverno de quem precisa mais quente.

“Nós realizamos essa campanha há 18 anos. É um movimento de solidariedade entre todos os colaboradores da empresa, em prol de quem precisa. Ficamos muito felizes em mais uma vez contribuir para que o inverno não seja tão rigoroso com que tem menos condições. Mais uma vez tivemos recorde de arrecadações”, pontua a coordenadora de Responsabilidade Social da Águas Guariroba, Bia Rodrigues.

A coordenadora destaca que neste ano a arrecadação envolveu todos os setores da empresa. Para se ter uma ideia, um dos colaboradores arrecadou quase uma tonelada de agasalhos.

Além da solidariedade ao doar, a entrega dos agasalhos contou com a participação de mais de 30 voluntários, todos colaboradores da Águas Guariroba. Uma corrente humana fez encher dois caminhões e outros seis veículos com milhares de sacolas de doações.

“Foi um dia de sentimento de pertencimento e muita satisfação ao visitar cada ponto de entrega e conhecer as multiculturas do nosso município, ainda mais com todos os setores representados nessa entrega. Gratidão a esse time e em especial ao setor de responsabilidade social, responsável por engajar toda a empresa em um mesmo propósito”, disse a supervisora de laboratório, Taís Alencar, uma das voluntárias na entrega.

Campo Grande Saneada alcança 120 quilômetros de rede de esgoto implantados em Campo Grande

Postado por luana.basso@aguasguariroba.com.br em 12/jun/2024 - Sem Comentários

A Águas Guariroba continua avançando com o programa Campo Grande Saneada em 2024, intensificando a ampliação da rede de esgoto em diversos bairros da cidade. Até o fim deste ano, a previsão é alcançar um índice de cobertura de 94% da população atendida com a rede de esgoto.

Somente este ano, mais de 120 km de rede de esgoto foram implantados, resultando em aproximadamente 4,7 mil novas ligações. Em 2023, foram mais de 12 bairros contemplados pelo programa, totalizando mais de 230 km de rede instalada até o final do ano.

As obras prosseguem nos bairros Caiobá, Centro-oeste, Seminário, Samambaia, Nova Campo Grande, Aero Rancho, Moreninhas, Tiradentes e São Conrado.

O programa Campo Grande Saneada representa um dos principais esforços da concessionária no ano, com investimentos voltados para a expansão da infraestrutura de esgoto em Campo Grande.

Diretor-presidente da Águas Guariroba recebe prêmio Ipê Amarelo de Meio Ambiente

Postado por luana.basso@aguasguariroba.com.br em 12/jun/2024 - Sem Comentários

O diretor-presidente da Águas Guariroba, Themis de Oliveira, recebeu o Prêmio Ipê Amarelo de Meio Ambiente. A iniciativa é da Comissão de Meio Ambiente e Sustentabilidade do Crea-MS e conta com o apoio do Conselho Federal (Confea) e da Caixa de Assistência dos Profissionais do Crea-MS (Mútua).

O prêmio reconhece boas práticas e iniciativas relacionadas à preservação, sustentabilidade, tecnologia e empreendedorismo na

A entrega da premiação foi realizada em solenidade na XI Semana do Meio Ambiente do Crea-MS, no dia 6 de junho, em Campo Grande.

“Com muita honra e gratidão, recebi o prêmio Ipê Amarelo de Meio Ambiente. Um reconhecimento importante às ações que temos desenvolvido na Águas Guariroba, desde a ampliação das redes de água e esgoto até a recuperação de nascentes e a redução do índice de perdas de água em Campo Grande. A sustentabilidade é mais que um valor para nós. A atuação social e ambientalmente responsável faz parte da nossa história e do nosso propósito, além de representar um compromisso de longo prazo com a sociedade”, pontua o diretor-presidente, Themis de Oliveira.

Semana Mundial do Meio Ambiente é celebrada com doação de 2,5 mil mudas do Viveiro Isaac de Oliveira

Postado por luana.basso@aguasguariroba.com.br em 06/jun/2024 - Sem Comentários

Mudas do viveiro são todas de árvores nativas do cerrado.

A Semana Mundial do Meio Ambiente está sendo celebrada pela Águas Guariroba com doações de mudas de árvores do Viveiro Isaac de Oliveira. Só nesta semana, já foram doadas cerca de 2,5 mil mudas de árvores nativas do cerrado.

Nesta quarta-feira (5), Dia Mundial do Meio Ambiente, foram doadas 100 mudas na Escola Estadual São Francisco. A ação foi realizada em parceria com o Rotary Clube Campo Grande e contou com a participação de professores e alunos da escola.

Outra doação importante foi para a Semana do Meio Ambiente do Crea-MS. Um evento que ocorre anualmente na sede do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia de Mato Grosso do Sul, em Campo Grande, gratuito e aberto à população em geral. Neste evento serão doadas 700 mudas.

A concessionária também é parceira do Shopping Campo Grande, integrante do Grupo ALLOS, na realização de uma ação de conscientização ambiental entre esta quarta-feira (05) e a sexta-feira (07), com a distribuição de uma tonelada de adubo (compostos orgânicos oriundos das sobras da Praça de Alimentação processados e transformados) e de 300 mudas de plantas nativas da região.

A distribuição das mudas e adubo é gratuita e ocorre das 10h às 14h na entrada da Praça de Alimentação do Shopping.

Também foram feitas doações para a Secretaria Municipal de Meio Ambiente (Semadur), Prefeitura Municipal de Jaraguari, Agência Estadual de Regulação dos Serviços Públicos (Agems), Universidade Católica Dom Bosco (UCDB), entre outras empresas, que nesta semana estão realizando ações em prol do meio ambiente.

Águas Guariroba investe em eficiência operacional e Campo Grande é a 2ª do Brasil com menor índice de perdas de água

Postado por luana.basso@aguasguariroba.com.br em 05/jun/2024 - Sem Comentários

Água poupada por meio de Programa de Redução de Perdas é capaz de abastecer Campo Grande por cinco meses.

Campo Grande aparece como a segunda Capital do Brasil com o menor índice de perdas de água. Os dados são do Estudo Perdas de Água 2024, do Instituto Trata Brasil, divulgada nesta quarta-feira (5) e retratam o Ranking do Saneamento de 2024. O índice de 19,8% é resultado de um Programa de Redução de Perdas, implantado pela Águas Guariroba desde 2006.

O Instituto Trata Brasil (ITB), organização da sociedade civil que busca a universalização do saneamento no país, em parceria com a consultoria GO Associados, publicou o “Estudo de Perdas de Água 2024 (SNIS, 2022): Desafios na Eficiência do Saneamento Básico no Brasil”, que busca expor o grande problema econômico e social da ineficiência no controle de perdas de água em nosso país.

O estudo foi elaborado a partir de dados públicos do Sistema Nacional de Informações sobre Saneamento (SNIS, ano-base 2022) e compreende uma análise do Brasil, de suas cinco macrorregiões, das 27 Unidades da Federação e dos 100 municípios mais populosos do país (incluindo as capitais dos estados).

Garantir eficiência na operação foi fundamental para os bons resultados alcançados por Campo Grande. Para isso, algumas ações foram realizadas pela Águas Guariroba, concessionária responsável pelo sistema de abastecimento de água, coleta e tratamento de esgoto na Capital.

“Quando assumimos a concessão em Campo Grande, imediatamente implantamos um Programa de Redução de Perdas. Com isso, o índice de perdas de água na Capital de Mato Grosso do Sul teve queda de 56% (em 2006) para os atuais 19,7% (em 2024), o que representa que Campo Grande deixou de perder cerca 43.461.659 de metros cúbicos de água por ano”, pontua o diretor-executivo da Águas Guariroba, Gabriel Buim.

Entre as ações do Programa de Redução de Perdas estão a modernização do parque de hidrômetros da cidade: foram substituídos 381,8 mil hidrômetros antigos por novos; também foi realizada a implantação de um moderno Centro de Controle de Operações (CCO), referência no setor de saneamento, que por meio de um software (Takadu) faz o monitoramento do funcionamento da rede em tempo real.

Além disso, foi realizada a instalação de 62 válvulas redutoras de pressão (VRP) da água e de 197 sensores na rede, que ajudam a monitorar e controlar a pressão da água, para reduzir rompimentos na tubulação; também foi realizada a modernização de 185 macromedidores, que são equipamentos semelhantes ao hidrômetro, mas em dimensão maior e instalados em pontos de produção de água e saídas da rede de abastecimento de água, para controlar e padronizar o consumo.

Identificar vazamentos não aparentes no asfalto através de uma técnica chamada de geofonamento foi outra ação do Programa de Redução de Perdas. O Geofone é um equipamento que permite a identificação de vazamentos não aparentes, que ficam embaixo da terra. Com os aparelhos, as equipes identificam cerca 140 vazamentos por mês, com uma assertividade média de 66% das ordens de serviços geradas.

Por fim, foram intensificadas as fiscalizações sobre fraudes, com uma média de 4 mil casos identificados por mês.

Em paralelo a essas medidas, a Águas também está renovando redes de água mais antigas acompanhando, inclusive, obras de infraestrutura da prefeitura da Capital. Um investimento que garante um sistema de abastecimento cada vez mais eficiente, com maior regularidade no fornecimento de água para a população e, principalmente, que faz com que menos água seja perdida no trajeto de abastecimento.

“A estratégia está em investir em eficiência operacional, garantindo um sistema de abastecimento cada vez mais moderno, com maior regularidade no fornecimento de água para a população e, principalmente, que faz com que menos água seja perdida no trajeto de abastecimento”, explica o diretor-presidente da Águas Guariroba, Themis de Oliveira.

De cuidado com nascentes a neutralização de carbono, Águas Guariroba se destaca por iniciativas de preservação ao meio ambiente

Postado por luana.basso@aguasguariroba.com.br em 04/jun/2024 - Sem Comentários

No Dia Mundial do Meio ambiente, comemorado em 5 de junho, concessionária celebra ações sustentáveis

Por meio da ampliação da rede de água e esgoto, do investimento em melhorias na captação e na qualidade da água ou do aumento da capacidade de tratamento do esgoto que é devolvido para a natureza, a Águas Guariroba contribui significativamente com a preservação ao meio ambiente.

Mas, a concessionária vai além e investe em iniciativas inéditas de sustentabilidade, que partem do cuidado com nascentes, córregos e rios até a neutralização de carbono na atmosfera, por meio da produção de mudas de árvores nativas do cerrado.

Segundo o diretor-presidente da Águas Guariroba, Themis de Oliveira, a preservação é um dos pilares da concessionária. Ao longo de 14 anos, mais de 600 mil mudas foram plantadas e cresceram no viveiro. Todas as mudas produzidas no viveiro são de espécies nativas do bioma Cerrado, que ocupa grande parte do território sul-mato-grossense. Na lista há o ipê, baru, jatobá, ingá, entre outras.

“O reflorestamento garante a preservação e o retorno da água aos mananciais e nascentes. Hoje, nós realizamos o plantio em torno de nascentes, como na Área de Proteção Ambiental (APA) do Guariroba e do Lageado. Em parceria com os produtores rurais, fazemos a doação de mudas para o replantio em áreas degradadas para manter o fluxo da água nessas regiões e assim vamos construindo um futuro com água em abundância”, pontua Themis de Oliveira.

A sustentabilidade supera limites de tempo e espaço, a Águas Guariroba é a primeira empresa de saneamento do Brasil a fazer a neutralização de carbono.  O plantio e o crescimento das mudas precisa ser monitorado para garantir que as plantas tenham de fato condições de atingir o nível esperado de captura de carbono durante a sua vida, ou seja, equivalente a 0,59 toneladas de CO2 por cada árvore plantada, chegando a mais 248 mil toneladas de carbono neutralizado da atmosfera.

Do verde ao azul

Conhecida pelas ruas repletas de árvores e muito verde, Campo Grande caminha também para outra alcunha, o de cidade mais azul. Isto é possível por uma série de fatores, como o tratamento de 95 bilhões de litros de água por ano, além da coleta e tratamento de mais 92 bilhões de litros de esgoto, a redução das perdas hídricas e o fortalecimento do saneamento básico. 

Na capital de Mato Grosso do Sul, 81% dos córregos têm boa qualidade de água. É o melhor índice desde 2010. A informação é do Programa Córrego Limpo, feito pela Águas Guariroba em parceria com a prefeitura de Campo Grande. O relatório divulgado em março deste ano é referente ao ano de 2023.

São feitas análises trimestrais e a qualidade da água é classificada como ótima, boa, regular, ruim e péssima. Um dos destaques divulgado no relatório deste ano foi o aumento de 22% na classificação boa e uma redução de 16% na ruim.

O monitoramento é realizado em 83 pontos da cidade. No ano passado, as equipes realizaram 6.600 vistorias e 1.195 notificações foram emitidas pela Semadur (Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Gestão Urbana).

Os resultados do índice de qualidade da água ficam expostos aos moradores em placas informativas ao longo dos córregos. Elas contêm um QR Code que leva diretamente ao site com os dados completos sobre a análise dos córregos feita pelo Programa Córrego Limpo.

Segundo Fernando Garayo, gerente de Meio Ambiente e Qualidade da Águas Guariroba, a melhoria na qualidade da água dos córregos está ligada à maior conscientização da população em se conectar corretamente na rede de coleta e tratamento de esgoto.

Gabriel Buim, diretor-executivo da Águas Guariroba, ressalta que receber em maio deste ano, o 8º Prêmio Casos de Sucesso, do Instituto Trata Brasil em parceria com o Centro de Estudos de Infraestrutura e Soluções Ambientais da Fundação Getúlio Vargas (FGV), mostra o compromisso contínuo da concessionária com a natureza e as próximas gerações. Campo Grande levou a categoria “Atingimento das Metas de Perdas de Água”, tornando-se a segunda Capital com o menor índice de perda de água do país.

“Quando assumimos a concessão em Campo Grande, imediatamente implantamos um Programa de Redução de Perdas. Com isso, o índice de perdas de água na Capital de Mato Grosso do Sul teve queda de 56% (em 2006) para os atuais 19,7% (em 2024), o que representa que Campo Grande deixou de perder cerca 43.461.659 de metros cúbicos de água por ano”, pontua o diretor-executivo.

O desafio agora é continuar expandindo as redes de abastecimento de água e coleta de esgoto, modernizar a rede já existente e aumentar a capacidade de tratamento para devolver à natureza.

Nesse sentido, a Águas Guariroba incentiva a pesquisa, toma a ação e investe, fazendo acontecer um serviço de coleta e tratamento de esgoto cada vez melhor, garantindo mais saúde e qualidade de vida para Campo Grande.

Moradores da Homex agora têm acesso a redes de água tratada e esgoto

Postado por luana.basso@aguasguariroba.com.br em 04/jun/2024 - Sem Comentários

Em tempo recorde, Águas Guariroba implantou redes de água e esgoto na comunidade.

A rotina de armazenar água em baldes ou conviver com mau cheiro proveniente de fossas já não deve fazer parte da realidade de moradores da Homex. Nesta segunda-feira (3), a Águas Guariroba em parceria com a prefeitura de Campo Grande entregou as obras de implantação das redes de abastecimento de água e coleta de esgoto na comunidade. 

Em tempo recorde, a Águas Guariroba implantou pouco mais de 14 quilômetros de rede de esgoto e cerca de 15 quilômetros de rede de água. A chegada das redes de água tratada e esgoto representa a valorização da região, onde os moradores esperavam por regularização há mais de 10 anos.

“Faltava essa infraestrutura. Muitas das vezes a fossa enchia e a gente não tinha condições de esgotar, era uma dificuldade muito grande. E a água era tudo ou nada, a gente não sabia se era potável, mas tinha que beber, era a única que tinha. Agora, a gente sabe que pode confiar”, conta Clodoaldo José da Rosa.

Além das obras de saneamento em todo o bairro, a Escola Municipal de Educação Infantil Vivendas do Campo, que fica dentro da comunidade, também recebeu obras do Programa Escola Saneada, realizado pela Águas Guariroba.

“Nós tínhamos cinco fossas, nas quais a gente fazia limpeza três vezes por ano, no valor de R$ 1,5 mil. Agora, por meio da Águas Guariroba, nós temos escola saneada, com a rede de esgoto passando por aqui e menos um problema na escola”, explica a diretora Guilhermina Godoy.

Para o diretor-presidente da Águas Guariroba, Themis de Oliveira, as redes de água e esgoto representam mais saúde e mais dignidade para a população local. “Isso resolveu um problema de anos, os moradores viviam uma situação insustentável, agora tem rede de água estabelecida com pressão definida e esgoto todo coletado”, explicou.

A prefeita Adriane Lopes destacou que o saneamento é um avanço para as famílias e a conclusão da obra um marco histórico. “Esta é uma cidade que avança em saneamento, que se preocupa com pessoas, estamos preocupados com o bem-estar das famílias campo-grandenses. Estar aqui hoje selando este momento é muito importante, pois a conclusão desta obra é histórica e representa mais saúde para todos”, concluiu.

“Para nós foi excelente, vai valorizar muito nosso bairro, porque antes a gente vivia na gambiarra e era muito difícil o acesso da água para nós. Agora está maravilhoso”, concordou a diarista Ana Lúcia Silva.

Águas Guariroba e prefeitura inauguram redes de água tratada e esgoto na Homex

Postado por luana.basso@aguasguariroba.com.br em 03/jun/2024 - Sem Comentários

A Águas Guariroba inaugura nesta segunda-feira (3) as obras de implantação das redes de água tratada e esgoto na Comunidade Homex, em Campo Grande. As obras beneficiam mais de 1,4 mil famílias, que passarão a ter acesso regular aos serviços de água e esgoto.

A inauguração está marcada para às 17h30, na Escola Municipal de Educação Infantil (EMEI) Varandas do Campo. O evento contará com a presença da prefeita de Campo Grande, Adriane Lopes, diretores da Águas Guariroba, além de lideranças e moradores do bairro.

Em tempo recorde, a Águas Guariroba implantou pouco mais de 14 quilômetros de rede de esgoto e cerca de 15 quilômetros de rede de água. A chegada das redes de água tratada e esgoto representa a valorização da região, onde os moradores esperavam por regularização há mais de 10 anos.

Para o diretor-presidente da Águas Guariroba, Themis de Oliveira, a chegada dos serviços no bairro reforça o compromisso da concessionária em levar saneamento básico para toda Campo Grande. “Nosso objetivo é universalizar os serviços de saneamento, sem deixar para trás sequer uma rua. Desta forma, estamos levando mais saúde, dignidade, qualidade de vida e valorização imobiliária para toda a cidade, sem qualquer distinção”, pontua.

A área da Homex está ocupada desde 2013. No ano passado, a prefeitura deu início a regularização dos imóveis, por meio de projetos da Agência Municipal de Habitação e Assuntos Fundiários e da Comissão de Acompanhamento de Projetos de Regularização Fundiária na Capital.

SERVIÇO:

Inauguração redes de água e esgoto Homex.

Data: 03/06/1014

Horário: 17h30

Local: EMEI Varandas do Campo – Rua José Pedrossian, s/n – Centro Oeste.