Notícias

Ver notícia

As ações de redução de perdas de água em Campo Grande foram destaque nesta quarta-feira (4), durante a Feira Nacional de Saneamento e Meio Ambiente (Fenasan) e 34º Encontro Técnico AESabesp, o maior evento de saneamento da América Latina. O tema foi apresentado pelo diretor-executivo da Águas Guariroba, Gabriel Buim, durante o evento que está sendo realizado na no Expo Center Norte, em São Paulo.

Como parte do cronograma de debates, o diretor-executivo da concessionária de água e esgoto de Campo Grande, participou da mesa redonda “Métodos inovadores visando a redução de perdas nos sistemas de abastecimento público de água”, onde os participantes debatem ações de sucesso na gestão de perdas dos municípios atendidos.

“Trouxemos para a Fenasan um debate importante para o saneamento, que é o processo de redução de perdas. Junto com a Sabesp e outras consultorias, apresentamos para um grupo de engenheiros da AESB sobre a importância da redução de perdas no processo de saneamento do nosso país”, explica Gabriel. “Campo Grande é destaque entre as cidades com o menor índice de perdas de água no Brasil. Isso é resultado das ações para reduzir perdas, que vem sendo adotadas ao longo dos últimos anos, como automação e controle inteligente do Centro de Controle de Operações, utilização de softwares para monitoramento do abastecimento, setorização dos sistemas de abastecimento, entre outras. O que podemos fazer é compartilhar essa experiência adquirida, para que o modelo possa ser utilizado em outras cidades, reduzindo as perdas de água em todo o país”, destaca Buim.

Entre as ações apresentadas pela Águas Guariroba foram o Centro de Controle de Operações da concessionária; o monitoramento em tempo real da pressão dos sistemas, a substituição das redes antigas, com maior tendência a vazamentos; o acompanhamento do padrão de produção das captações, comparando consumo micromedido; a varredura intensiva para verificar vazamentos não visíveis por meio de geofonamento; o uso da inteligência artificial para gestão da distribuição e a padronização e regularização das ligações de água.

De acordo com dados do Instituto Trata Brasil, Campo Grande atualmente possui o índice de 19,74 de perdas de água, enquanto o índice nacional é de 40%.  Ainda conforme o Instituto, apesar dos números nacionais serem preocupantes, existem cidades que têm como prioridade o controle das perdas de água e são exemplos positivos para outros municípios do país. O estudo lançado pelo Trata Brasil mostra que oito dos 100 maiores municípios do país já se encontram nos padrões de excelência estabelecidos como meta para 2034 pela Portaria 490/2021 do MDR, ou seja, 25% em perdas na distribuição (IN049) e de 216 L/ligação/dia em perdas volumétricas (IN051).

Entre os municípios nos padrões de excelência, três são da região Centro-Oeste e cinco do Sudeste, sendo esses: Aparecida de Goiânia (GO), Goiânia (GO), *Campo Grande (MS)*, Petrópolis (RJ), Campinas (SP), Limeira (SP), São José do Rio Preto (SP) e Taboão da Serra (SP).

Compartilhar:

Veja Também

Responsabilidade Social Saiba mais
Responsabilidade Social

A atuação social e ambientalmente responsável faz parte da nossa história e do nosso propósito.

Contato Saiba mais
Contato

A Águas Guariroba oferece um canal de comunicação eficiente. Entre em contato conosco.

Esgotamento Sanitário Saiba mais
Esgotamento Sanitário

A Águas Guariroba trabalha 24h por dia para ampliar e melhorar o saneamento em Campo Grande.

Politica de Inv. Social Privado Saiba mais
Politica de Inv. Social Privado

Uma concessão é muito mais que um acordo com o poder público, é um compromisso com o lugar e com sua gente.