Notícias

Ver notícia

O córrego Guariroba é a principal fonte de abastecimento de água de Campo Grande, correspondendo a 34% de toda a captação.

Como parte das ações de preservação das nascentes em Campo Grande, a Águas Guariroba doou 3,5 mil mudas de árvores nativas do cerrado para a Associação de Restauração, Conservação e Preservação da Bacia do Guariroba (ARCP). A doação foi na última sexta-feira (2), quando a primeira remessa de mudas foi retirada no viveiro Isaac de Oliveira.

A retirada das mudas foi acompanhada pela engenheira ambiental, Amanda Silveira Franca, juntamente do presidente da ARCP, Claudinei Pecois. “A ARCP atua ativamente com projetos de recuperação e prestando suporte aos produtores da região, que estejam com áreas degradadas ou déficit ambiental em suas propriedades. Já são mais de 130 mil mudas plantadas, e mais de 80 hectares recuperados ou em processo de recuperação ao longo de todos esses anos. Pedimos agora, para esse período de plantios do primeiro semestre de 2024, a doação de 3.500 mudas nativas, de espécies nativas variadas, para o plantio em quatro hectares de recuperação nas propriedades Fazenda Crescente e Estância Dois Irmãos”, explicou Pecois.

A bacia hidrográfica do córrego Guariroba está localizada a 35 quilômetros do Centro de Campo Grande é a principal fonte de abastecimento de água da cidade. Após tornar-se um dos mananciais da Capital em 1985, a bacia foi integralmente declarada Área de Proteção Ambiental (APA), uma das categorias de unidade de conservação assegurada pelo SNUC – Sistema Nacional de Unidades de Conservação – lei n°. 9.985.

Com 65 propriedades rurais, conforme dados da ARCP, a característica fundiária predominante da bacia é de médias e grandes propriedades, com tamanhos entre 48 e 5.480 hectares. Já foram identificadas 42 nascentes na bacia do Guariroba, além de remanescentes florestais e áreas úmidas que somam 6.456 hectares, correspondente a 17,8% da área total. Porém, ainda há uma grande quantidade da vegetação de Áreas de Preservação Permanente (APP) a serem restauradas.

O Viveiro Issac de Oliveira, criado em 2010 pela Águas Guariroba, tem o objetivo de colaborar com a restauração de APPs, principalmente no entorno do Guariroba. Desde a criação do Viveiro, mais de 600 mil mudas já foram produzidas, 50 mil por ano, todas de espécies nativas do cerrado.

“As árvores estão totalmente ligadas à quantidade e a qualidade da água que nós temos no meio ambiente, por isso é muito importante a gente preservar o meio ambiente, as matas ciliares dos rios, porque assim a gente vai ter água em abundância de qualidade. Por isso, a preservação ambiental, o nosso viveiro, são muito importantes para o saneamento, para a Águas Guariroba e principalmente, para a população de Campo Grande”, pontuou o gerente de Meio Ambiente e Qualidade, Fernando Garayo.

Compartilhar:

Veja Também

Quem Somos Saiba mais
Quem Somos

A Águas Guariroba é responsável pelos serviços de abastecimento de água, coleta e tratamento de esgoto de Campo Grande.

Transparência: Águas Guariroba distribui relatório de qualidade da água para moradores de Campo Grande Saiba mais
Transparência: Águas Guariroba distribui relatório de qualidade da água para moradores de Campo Grande

Relatório traz um resumo de todas as análises realizadas pela concessionária em 2023. De casa em casa, os leituristas da Águas Guariroba ...

Notícias Saiba mais
Notícias

Confira as últimas notícias da Águas Guariroba e saiba mais sobre abastecimento, obras, programas e projetos.

Contato Saiba mais
Contato

A Águas Guariroba oferece um canal de comunicação eficiente. Entre em contato conosco.