A hemodiálise é a principal alternativa para o tratamento de pacientes com insuficiência renal crônica. O tratamento é indispensável na remoção de substâncias tóxicas do organismo devido à falência dos rins. Para este procedimento, grandes quantidades de água são utilizadas como principal componente do tratamento. Em Campo Grande, a Águas Guariroba é responsável pelo monitoramento e análise da qualidade da água que chega até as unidades de saúde especializadas.

O laboratório de análises localizado na Estação de Tratamento de Água (ETA) Guariroba realiza mensalmente a análise das amostras de água de cada clínica de hemodiálise e hospitais que realizam o procedimento em Campo Grande. É analisada uma média de 57 amostras e 400 parâmetros mensalmente, onde são verificados fatores como: PH, temperatura, turbidez e cor aparente. As análises são realizadas em amostras de água coletadas em nove clínicas de Campo Grande e dois hospitais.

“Para garantir a qualidade da água fornecida pela Concessionária o laboratório realiza um monitoramento periódico através das análises microbiológicas e físico-químicas no cavalete das clínicas e hospitais”, destaca a Analista Química do Laboratório de Monitoramento da Qualidade de Água da Águas Guariroba, Karina Goulart Cunha.

O controle da qualidade da água é fundamental para a prevenção de riscos aos pacientes e deve ser realizado através do monitoramento periódico das análises microbiológicas e físico-químicas assim como em diferentes pontos de distribuição da água após o tratamento. Para o farmacêutico industrial e responsável pelo tratamento de água para hemodiálises de centros de terapia em Campo Grande, Renato Finotti, a garantia de uma água de qualidade através de laudos laboratoriais representa a segurança de um paciente e a eficiência da hemodiálise.

“É essencial que a sessão de hemodiálise seja realizada com uma água que tenha a sua qualidade validada por laudos laboratoriais. O tratamento do paciente exige aproximadamente 120 litros de água em uma sessão de quatro horas e a utilização de água tratada é fundamental para este processo. Hoje contamos com as análises realizadas pela Águas Guariroba que validam a água que chega até o cavalete da clínica. A partir daí, em uma divisão de responsabilidades, a clínica também realiza as suas análises para que essa água seja distribuída e utilizada de forma eficiente no tratamento”, afirma o farmacêutico.

O Laboratório de Monitoramento de Qualidade da Água da Águas Guariroba é acreditado pela Norma ISO 17025 e pela Coordenação Geral de Acreditação do Inmetro (Cgcre) em 15 processos e análises realizados para controle da potabilidade da água, desde coleta, análise da captação e rede. Além disso, a concessionária responsável pelos serviços de água e esgoto de Campo Grande mantém há 15 anos a certificação da Norma ISO 9001, que estabelece padrões internacionais de qualidade em seus processos.

Share Button

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *