A Águas Guariroba participou do 8º Congresso Nacional de Gestão Ambiental, sediado em Campo Grande, de 27 a 30 de novembro. Congressistas visitaram a Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) Imbirussu e o coordenador de meio ambiente e qualidade Fernando Garayo realizou a palestra “Licenciamento ambiental de obras de saneamento”, durante a programação do Congresso.

Os visitantes puderam conhecer as etapas de tratamento do efluente, os sistemas automatizados de controle e tirar dúvidas sobre questões ambientais ligadas ao sistema de funcionamento da ETE, como o tratamento que a Águas Guariroba dá ao lodo resultante do tratamento de esgoto, que vira adubo sustentável.

A professora Celene Castilho, do curso de Gestão Ambiental, do campus da UEMS em Mundo Novo, achou interessante: “Eu não conhecia, é um sistema diferente. Já visitei outras ETEs mas com tipos de tratamento distintos. Achei interessante pois é muito eficiente”.

Já a doutoranda em Saúde Ambiental, da Universidade de São Paulo (USP), Amanda Dalboni, uniu a visita aos conhecimentos de seu trabalho: “Meu interesse em conhecer a ETE é, além da pesquisa, trabalho com consultoria na área ambiental. Achei super legal”.

Seguindo a programação do Congresso, a palestra do coordenador de meio ambiente e qualidade da Águas Guariroba, Fernando Garayo, explicou sobre o licenciamento ambiental em obras de saneamento, como são os procedimentos envolvidos, documentos e estudos que precisam ser feitos. “Apesar de ser uma palestra técnica é fundamental abordar esses assuntos, porque é muito difícil ter contato com isso durante a vida acadêmica, de como funciona de fato um licenciamento ambiental”, afirmou Garayo.

Share Button

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.